Postagens

Quando a vida te chama

Imagem
De repente tudo escureceu e se instalou o mais completo silêncio. Por um instante, eu perdi a conexão com todo o universo ao meu redor. Pensei: “morri?”. Em uma fração de segundos voltei, ou melhor, a neve que encobria meus óculos de sol saiu das lentes fazendo-me enxergar a mim mesma na beira de uma grande vazio.  Àquele ponto, eu estava tomada pelo terror e confusão. Tentava entender o que tinha acontecido, ao mesmo tempo em que minha mente ferozmente tentava encontrar a solução para aquele caos. Eu pensava: “tenho que respirar, tenho que respirar… calma, calma..” Quando olhei para o infinito buraco negro à um milímetro de meus pés, a ansiedade me possuiu e falei para o Pedro: “Me tira daqui! por favor, eu não consigo alcançar a outra parede!”.  Pedro também, acredito, estava pasmo com todo o “turbillhão” que estávamos vivendo nos últimos vinte minutos. Embora parecesse extremamente calmo. Se ele tentasse me remover fora da “crevasse”(fenda no glaciar) pelo lado dele, eu iria despe…

2016

Imagem
"Eu deliberadamente e conscientemente dou preferência à uma maneira dramática , mitológica de pensar e falar , não apenas por este ser mais expressivo , como também, mais exato do que uma terminologia científica abstrata, que costuma brincar com a noção de que suas formulações teóricas podem um dia ser resolvido em equações algébricas. " - Carl G. Jung -

En el fin del mondo

Imagem
aquí es una mujer que espera y no espera. aquí es una mujer que hace los cambios y no cambia. es ancestral. es transpersonal. aquí es una mujer que mira los diferentes colores de una misma figura.
aquí es una mujer que crea diferentes colores.
más vulnerable de lo que crees y más fuerte de lo que crees. una mujer sin un montón de secretos pero de muchos misterios.

una mujer que descubre su insospechada reserva de fuerzas en situaciones verdaderamente desesperadas.


una mujer que te quiere y te necesita. sobre todo ama.

GENERATORS OF LIGHT

Linguagens em Ecopsicologia

Imagem
"The complex interchange we call "language" is rooted in the non-verbal exchange already going on in between our flesh and the flesh of the world"
- David Abram - The Spell of the Sensuous -





Em 2007, eu estava liderando, juntamente com mais dois instrutores,  uma expedição para a Outward Bound Brasil - OBB (http://www.obb.org.br), com um grupos de 14 jovens em situação de risco social  (média de 15-17 anos). Este curso estava acontecendo na Serra da Mantiqueira, no estado de S.Paulo, nas proximidades com Minas Gerais. O foco do curso era o desenvolvimento de valores e caráter humanos, alinhada com a missão da OBB - de desenvolver o potencial de cada indivíduo para cuidar de si, dos outros e do mundo à nossa volta; através de atividades desafiadoras. 
Em um dado momento do curso, planejamos uma atividade de formação da identidade grupal e um  "ritual de passagem". Esta atividade consistia de uma ascensão à montanha mais alta da região, seguida por um ritual d…

Nova Conquista no Banguelo: "Lembranças dos Bons Espíritos"

Imagem
Neste último domingo revivi algumas boas sensações. Estar na Paraíba, já é um fato que, por si só, acentua meus sentidos e me reconecta com memórias muito significativas. E escalar na Paraíba, tem um gostinho especial. Bom demais.
Fomos eu e meu amigo, escalador paraibano, Wolgrand Falcão à Pedra do Banguelo que fica no município de Caldas Brandão/Cajá, perto da cidade de Campina Grande.
A Pedra do Banguelo é uma excelente opção de escalada para quem mora em João Pessoa (40 minutos) e não tem muita disponibilidade ou tempo de viajar para outros lugares mais distantes como Campina Grande (1:20h); Pedra da Boca (2h) ou Serra Caiada (2:30h). E, o lugar vem sendo muito bem desenvolvido por escaladores de Campina e João Pessoa. Acho que fui lá umas 5 ou 6 vezes e, todas as vezes voltei com muita satisfação. Abrimos uma outra via lá, eu e Bernardo, em uma das vezes que fomos lá (talvez 2007?). Só não lembro o nome da via! :)
Fui me encontrar com Wolgrand e saímos de J.Pessoa quase 07:00h. …

Ser Dançante

Imagem
De repente tem um oceano inteiro como testemunha. O mar que já acompanhou inquietudes. Hoje, inunda essa alma.
De repente se tem a voz A que fala de dentro. Água transborda da boca como símbolo
E tem aquele.
Que conhece a dança.

Que segura pela mão com convicção Que conduz o corpo Para dançar com as ondas.
Um oceano inteiro como testemunha. De uma pérola que encontra seu tesouro: Lugar de transcendência e fluidez.
Água transborda dos olhos como símbolo.
A pérola, as ondas e o tesouro são um Ser no mar.