Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Quando a vida te chama

De repente tudo escureceu e se instalou o mais completo silêncio. Por um instante, eu perdi a conexão com todo o universo ao meu redor. Pensei: “morri?”. Em uma fração de segundos voltei, ou melhor, a neve que encobria meus óculos de sol saiu das lentes fazendo-me enxergar a mim mesma na beira de uma grande vazio.  Àquele ponto, eu estava tomada pelo terror e confusão. Tentava entender o que tinha acontecido, ao mesmo tempo em que minha mente ferozmente tentava encontrar a solução para aquele caos. Eu pensava: “tenho que respirar, tenho que respirar… calma, calma..” Quando olhei para o infinito buraco negro à um milímetro de meus pés, a ansiedade me possuiu e falei para o Pedro: “Me tira daqui! por favor, eu não consigo alcançar a outra parede!”.  Pedro também, acredito, estava pasmo com todo o “turbillhão” que estávamos vivendo nos últimos vinte minutos. Embora parecesse extremamente calmo. Se ele tentasse me remover fora da “crevasse”(fenda no glaciar) pelo lado dele, eu iria despe…

Últimas postagens

2016

En el fin del mondo

GENERATORS OF LIGHT

Linguagens em Ecopsicologia

Nova Conquista no Banguelo: "Lembranças dos Bons Espíritos"

Ser Dançante

o olho do mato morto

"Enchantment is the oldest form of Medicine"

Triste notícia. Felizes recordações.

SOUL